<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d4197132226586187837\x26blogName\x3dvad\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://voandoaderiva.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://voandoaderiva.blogspot.com/\x26vt\x3d-8192848790466781601', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
+












sábado, 28 de novembro de 2009

lars and the real girl > dan in real life

confundo estes dois filmes, por causa dos títulos, desde que saíram em 2007. portanto, nada mais natural do que vê-los na mesma altura. dan in real life tem o steve carell e a juliette binoche, lars and the real girl a promessa que o trailer deixava de uma fotografia lindíssima; bons motivos para ver ambos os filmes, então.

a meia-maratona arranca com dan in real life e, antes de mais, com a esperança de que este não fosse mais um mau filme na já demasiado longa lista de maus filmes protagonizados por steve carell. não tarda muito até percebermos que a esperança é vã e que, sim, este é apenas mais um filme mau na já demasiado longa lista de maus filmes protagonizados por steve carell.

uma estória demasiado má, uma sucessão interminável de clichés, comédia extremamente previsível e gasta. todos os ingredientes para uma verdadeira perda de tempo cinematográfica temperada com prestações, no mínimo, embaraçosas de steve carell e juliette binoche.

e só isto talvez até bastasse para fazer de lars and the real girl o vencedor desta mini-maratona. ao fim ao cabo, por muito mau que ele fosse, seria difícil que caísse pior do que um filme em que dois dos meus actores preferidos fazem figuras como aquelas.

mas não, lars and the real girl não precisa um filme mau para sobressair, porque é mesmo um grande filme. apesar de altamente improvável, a estória de lars está tão bem escrita que às tantas não nos lembramos já o que é a realidade e o que é fantasia. e isto, numa altura em que tanto o cinema e a literatura andam infestadas de fantasias ridículas, cai muito bem.

mas, como disse, lars and the real girl não precisa de nada para sobressair. tanto a personagem de lars como as personagens secundárias são bastante complexas e a interpretação que as acompanham é muito boa. a estória, essa, até meio do filme, sensivelmente, consegue ser demasiado perturbadora e chega a dar vontade de parar de ver o filme, mas, como se por magia, transforma-se lentamente e acaba de forma quasi-poética.


escrito por by joão martinho Email post



Remember Me (?)



All personal information that you provide here will be governed by the Privacy Policy of Blogger.


« Home | sr chinarro #1 » //-->





Post a comment :