<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d4197132226586187837\x26blogName\x3dvad\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://voandoaderiva.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://voandoaderiva.blogspot.com/\x26vt\x3d-8192848790466781601', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
+












segunda-feira, 24 de agosto de 2009

como estás?

se eu não soubesse se estava ou não feliz, provavelmente tentaria decifrar o "estado de alma" através do que escrevo, do que faço ou do que ouço. desenharia uma grelha de análise de conteúdo e, conforme escrevesse, fizesse ou ouvisse alguma coisa, assinalava na categoria ou sub-categoria correspondente. podiam ser "feliz", "triste", "deprimido", "eufórico", "apático", "melancólico"; podiam ser inúmeras, talvez não coubessem sequer na grelha; pior, talvez não servissem para nada e, nesse caso, seria apenas desperdício de uma folha de papel.

provavelmente, se estivesse deprimido, não escreveria estas parvoíces e este post até poderia indiciar o fim de uma depressão: despejei tudo o que me deixava triste e sobraram umas dezenas de palavras, que tento agora articular sem ponderar nem nos significados nem nos significados.

e a pontuação? talvez dissessem alguma coisa as vírgulas excessivas, a ausência de vírgulas ou as vírgulas perdidas. talvez pudesse olhar ao tamanho dos períodos ou ao número de parágrafos. podia fazer uma lista das vogais e consoantes mais utilizadas no post, talvez ela me dissesse alguma coisa; um código emocional.

tivesse eu pachorra, continuava este post e talvez até chegasse a alguma conclusão. mas, como aqueles cromos do bollycao: "tou sem pachorra".


escrito por by joão martinho Email post



Remember Me (?)



All personal information that you provide here will be governed by the Privacy Policy of Blogger.


« Home | .9 » //-->





eu gosto do vad e de ti, assim. *

Posted by Blogger Cláudia Faro Santos #  

~Oo°~

já está na altura de mudar a música do vad, não sr. sem paxorra?

Posted by Anonymous Mary #  

~Oo°~

já está na altura de mudar a música do vad, não sr. sem paxorra?

Posted by Anonymous Mary #  

~Oo°~

já está na altura de mudar a música do vad, não sr. sem paxorra?

Posted by Anonymous Mary #  

~Oo°~

já está na altura de mudar a música do vad, não sr. sem paxorra?

Posted by Anonymous Mary #  

~Oo°~

uma grelha de análise de conteúdo para o que escreves...lol... sociologuês :) é isso, muito bom! qd quiseres, se quiseres e tiveres pachorra, queres ajuda? ;)

Posted by Blogger Sílvia #  

~Oo°~

Post a comment :